00:57:04

Dicas SEO Do Matt Cutts

Dicas SEO Do Matt Cutts

O Matt Cutts é um engenheiro da Google, responsável pela equipa de WebSpam. O objectivo desta equipe é melhorar a qualidade dos resultados da pesquisa, de modo que os utilizadores encontrem sempre informação relevante e útil.

Para alcançar esse objectivo, a Google, especialmente através do Matt Cutts, que é uma pessoa comunicativa e simpática, tenta educar os webmasters, estabelecendo um quadro normativo de referência de Search Engine Optimization, uma espécie de 10 Mandamentos.

Portanto, para salvar a minha e a tua alma, do destino Inferno (total ausência dos resultados de pesquisa, mesmo para o nome do site), compilei um conjunto de ideias, sugestões e ensinamentos do Matt Cutts, que já foram publicados no blog do próprio, noutros blogues na sequência de entrevistas e conferências.

As Dicas SEO do Matt Cutts

As Dicas SEO do Matt Cutts

  • Se venderes links, utiliza NoFollow nesses links. Caso contrário, o Google poderá desvalorizar a reputação do teu site e consequentemente o valor dos teus links para outros sites.
  • Se tiveres um site em Flash, cria uma versão em HTML e bloqueia o acesso dos crawlers à versão Flash com um robots.txt
  • Utiliza palavras chaves no url das páginas. Mas, não demasiadas.
  • Utiliza títulos únicos e descritivos para cada página. Não mais do que 5 palavras no título.
  • Não compres links para aumentar o PageRank.
  • Utiliza um redirecionamento 302 para um redirecionamento temporário. Utiliza um redirecionamento 301 para um redirecionamento permanente.
  • Estes urls www.exemplo.com, exemplo.com, www.exemplo.com/index.html são 3 páginas DIFERENTES. Seleciona uma das opções e tenta ser consistente nos links que fazes para o teu domínio. Utiliza um redirecionamento 301 para informar o Google da tua opção.
  • Utiliza ferramentas sobre palavras chaves do Adwords, Overture, Yahoo para saber quais são as palavras chaves mais populares, antes de escreveres o conteúdo e título dos teus posts.
  • Utiliza as ALT tags para as imagens, vídeos, animações flash.
  • Utiliza a central do Google para Webmasters para verificares se existem problemas com o teu site. Poderás ainda consultar os teus backlinks. E indicares se preferes o teu domínio com ou sem o www.
  • A utilização dum background parecido com a cor do texto, para esconder o texto, pode ser pior do que utilizar a mesma cor para o background e o texto. No segundo caso, pode ter sido erro. No primeiro caso, está indiciada a intenção de enganar os motores de busca.
  • Podes utilizar a meta NoODP se não quiseres que o Google utilize a descrição do DMOZ
  • Não publiques duma só vez centenas ou milhares de páginas, no lançamento dum site. Adiciona gradualmente essas páginas.
  • O conteúdo é mais importante que a validação do código.
  • O PageRank Sculpting não é proibido.
  • Se pagares a um marketeer para adicionares o teu site ao Digg, não estás a pagar links. Portanto, não é proibido.
  • O anchor text é importante. Mas, não optimizes demasiado.
  • Evita excessivas trocas de links.
  • Nenhuma empresa de SEO pode garantir a primeira posição em palavras chaves competitivas.
  • Se um site foi banido, para que seja novamente indexado, remove todas as páginas que não cumprem os critérios de qualidade do google e submete um pedido de re-inclusão.

Mais especificamente sobre blogues

  • No caso dum blog, utiliza plugins como o Akismet ou Math Comment Spam Protection, para evitar links nos comentários para sites com má reputação, o que poderá prejudicar o teu site.
  • No WordPress, instala um plugin SEO que faça com que o título do Post apareça antes do nome do teu blog.
  • Instala o Related Posts plugin. A estrutura interna dos links num site ou blog é importante. Permite categorizar melhor o conteúdo das diferentes páginas.
  • Verifica se as palavras das categorias do blog também são palavras chaves populares.
  • Verifica se as datas de cada post estão visíveis.
  • Utiliza RSS feeds com o texto completo dos posts.
  • Não utilizes PayPerPost no WordPress.
  • Se quiseres aparecer no Google News, utiliza vários autores no seu blog.
  • Verifica se o teu blog entra bem num telemóvel. Se não entrar, instala um plugin para resolver esse problema.

Via Webmaster

Categorias: SEO | Visualizações: 368 | Adicionado por: ShZlot | Avaliação: 0.0/0
Comentários: 0
avatar